CNCCR 
Início | Objectivo | História do Dia da Árvore | Árvores Centenárias | Plantar uma Árvore | Programa Oficial | Bosques

Bosques do Centenário

Notícias

<< voltar

02.12.2010 | Diário do Minho - Principal
Guimarães planta 100 árvores para evocar República

guimaraes

A Câmara Municipal de Guimarães, o Agrupamento de Escolas Gil Vicente e a Junta Freguesia de Urgezes, realizaram uma iniciativa simbólica de comemoração do Centenário da República, plantando 100 árvores, no Lugar de Penanrique, em Urgezes.

Com a presença de mais de uma centena de pessoas, entre pais, alunos e professores, «foi com imensa alegria que se sensibilizaram consciências e se requalificou mais um espaço em Urgezes», valorizam os promotores. Numa mensagem dirigida a todos os presentes, lida por um aluno daquela Escola, sustenta-se que objectivo da iniciativa «não é só comemorar o Centenário da República, mas também transmitir a importância da floresta e sensibilizar as pessoas para este bem que é de todos». Num agradecimento à Junta de Freguesia e à Câmara Municipal de Guimarães, a directora da Escola, Isabel Passos, explicou como surgiu a ideia e como a abraçaram.

Aquela iniciativa, denominada "Bosques do Centenário", enquadrou-se nas comemorações nacionais do Centenário da República, pelo que ao longo da última semana, um pouco por todo o País se plantaram bosques com árvores autóctones. A realização da iniciativa "Bosques do Centenário" foi alvo de um protocolo entre a Autoridade Florestal Nacional, a Associação Nacional de Municípios Portugueses, a Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República, a QUERCUS e o movimento Limpar Portugal, ao qual o Município de Guimarães se candidatou para estar integrado e associado ao programa nacional de comemorações, incentivado pela Escola EB 2,3 de Gil Vicente e a Junta Freguesia de Urgezes.